Primeiro iPhone foi lançado há 7 anos

Ótima usabilidade, aplicativos para dar e vender (literalmente), câmera sensacional, Siri, leitor biométrico, processador 64 bits… iPhone é cheio de funcionalidades e, mesmo na sua briga com celulares que rodam Android, não tem como ninguém dizer que ele não é um sucesso e um marco na história dos smartphones.

E hoje, 9 de janeiro, faz sete aninhos que o ídolo dos applemaníacos, Steve Jobs, apresentou ao mundo aquela belezura que foi o primeiro iPhone. Uma tecnologia completamente inovadora e que hoje é tão comum pra todos nós. Causava estranheza um celular com tela gigante, sem teclado físico e que você podia tocar com os dedos, sem necessidade de usar alguma caneta especial.

O objetivo da Apple na época era unir um celular ao iPod e sem esquecer da função de câmera, que estava cada vez mais evoluída nos celulares da época. Mas o melhor de tudo é que fizeram isso de uma maneira completamente nova.

A apresentação feita pelo finado Steve Jobs foi muito empolgante, marcante e entrou para a história. Você pode assisti-la novamente abaixo:

Evolução do iPhone

iPhone (2007)

Primeiro iPhone lançado em 2007

Tinha tela de 3,5 polegadas, câmera de 3 megapixels. Foi a grande inovação nos smartphones, principalmente pela sua tela gigante e novíssima tecnologia em touchscreen que permitia que os dedos substituíssem aquela canetinha stylus. Sem falar de um software que o próprio Jobs acreditava estar 5 anos na frente de qualquer outro smartphone da época.

iPhone 3g (2008)

iPhone 3g, lançado em 2008

Um ano depois, Jobs já melhorou a criação da Apple. Remodulou o visual do iPhone original, melhorou diversas configurações, mas a novidade mesmo foi a Internet 3G, enquanto o anterior só aceitava a 2G. Este foi o primeiro iPhone a chegar ao Brasil, no final de 2008, transformando muitos em viciados pela Maçã.

iPhone 3gs (2009)

iPhone 3gs, lançado em 2009

Trouxe diversos upgrades quando comparado ao 3G, incluindo a capacidade de armazenamento (surgiu um modelo com 32Gb). Uma das maiores melhorias foi a câmera, que passou a ter 3,15 megapixels, autofoco e vídeo VGA a 30 quadros por segundo. Outras inovações foram o acelerômetro, sensor de movimento e integração com Facebook, Twitter e iCloud.

iPhone 4 (2010)

iPhone 4, design revolucionário

A maior mudança no design do iPhone desde a sua criação. Ficou mais retangular e menos arredondado. A resolução da tela também deu um salto, assim como várias outras configurações do celular. Ganhou câmera frontal, melhoria nas imagens de foto e video. Foi um grande rompimento com o que o mundo conhecia do iPhone e uma grande melhoria no produto.

iPhone 4s (2011)

iPhone 4s, lançado em 2011

Assim como o 3gs não apresentou muitas mudanças com relação ao 3g, o iPhone 4s também não teve muitas melhorias visíveis com relação ao modelo 4. O processador e a câmera sofreram um upgrade. Mas uma grande novidade balançou o mundo: a Siri. Quem não se lembra das inúmeras perguntas feitas a ela e suas respostas sensacionais e muitas vezes completamente inesperadas e engraçadas?! Até hoje ainda é um grande exemplo de assistente de voz no celular.

iPhone 5 (2012)

"Intel

O iPhone 5 trouxe uma nova era para os iPhones. A tela passou a ter 4 polegadas, com melhor resolução, conexão da Internet passou a aceitar 4G (embora não compatível com o padrão brasileiro), as duas câmeras passaram por grandes melhorias, memória RAM teve upgrade… A lista é gigante!

iPhone 5C (2013)

iPhone 5C - iPhones coloridos

Só o fato de lançarem dois iPhones num mesmo período já mostrou uma grande mudança! O iPhone 5C teve algumas configurações melhores que o iPhone 5, mas a grande diferença é no seu exterior: revestimento em plástico com diversas opções de cores!

iPhone 5S (2013)

Cores do Iphone 5S

É atualmente o mais moderno e o modelo top de linha entre todos os iPhones. Algumas de suas grandes novidades foram o novo processador em 64-bit e o leitor biométrico no botão que elimina a necessidade de usar senhas numéricas. Isso sem falar nas melhorias nas câmeras (incluindo possibilidade de fazer vídeos em slow-motion) e sensores de movimento.

 

Artigo original

Related posts:

Compartilhe: